Menu

Voto de Silêncio:#uma abordagem prática

Diversas correntes religiosas, entre as quais o Budismo e diversas ordens de viés cristão, empregam o assim chamado "voto de silêncio" como parte de seu conjunto de práticas.

Algumas ordens religiosas impõem o silêncio absoluto em favor da contemplação; outras requerem silêncio em horários e locais específicos, variando a rigidez com que esta regra tem que ser seguida.

Qualquer um que queira pode, contudo, fazer um "voto de silêncio" menos rígido mas muito poderoso como ferramenta de transformação do mundo. Basta que a pessoa preste atenção em si mesma antes de falar o que quer que seja, e só verbalize se for para expressar:

  • algo oriundo de seu coração;
  • algo que possa trazer apenas o bem a todos, em vez de qualquer forma de agressão.

Na verdade, se uma palavra vier realmente do coração ela não causará nenhum tipo de dano, não será nenhum tipo de agressão. Mas como é comum à maioria das pessoas, não importam suas boas intenções, confundir emoções (que são mentais) com sentimento (que é do coração) achamos útil deixar as duas sugestões listadas.

Se cada pessoa que realmente tem o desejo de tornar-se melhor, de dar o seu melhor ao mundo — seus semelhantes, e toda expressão de vida — puder praticar este silêncio, é certo que a Terra vai viver envolta em mais Amor, algo tão necessário nos conturbados tempos que atravessamos.