“Qual a forma do teu ES?”

  1. Acordar para J
  2. “Qual a forma do teu ES?”

Outro dia eu conversava com um amigo a respeito do Espírito Santo, sugerindo que ele pedisse ajuda a Ele para poder ver uma outra pessoa com a mesma visão que Deus tem dela.

Ora, o Espírito Santo é aquela parte na gente que não foi afetada pelo sonho do Filho de Deus, logo não foi maculada pelo medo, pela ideia de separação, nem nada inerente ao ego.

Assim sendo, da mesma forma como não existe “meu” ou “seu” ego, não existe isso de “meu” ou “seu” Espírito Santo. Existe o Espírito Santo, que pode ser acessado por qualquer um que, simplesmente, peça para ser atendido.

Destarte, a própria formulação de “qual a forma do teu ES?” já é conceitualmente errônea: não temos cada um um Espírito Santo, e tampouco Ele tem forma, porque forma é um atributo do ego.