Ninguém chega à Iluminação trapaceando

  1. Acordar para J
  2. Ninguém chega à Iluminação trapaceando

Existem muitos grupos no Facebook de pessoas “ligadas” a Um Curso Em Milagres. Cada uma tentando ser mais iluminada que a outra, mais desidentificadas do ego. No fundo, a maioria delas só é movida por suas emoções, sendo a vaidade e a cobiça as mais presentes.

A diferença entre os discursos é simples: quando se trata “só” de vaidade a mensagem não termina com um link para palestras, eventos pagos, lojas virtuais, consultórios, nem qualquer outro tipo de produto ou serviço vinculado ao UCEM.

Mas engana-se quem pensar que estou criticando quem tenta vender o seu peixe desta forma. Como tudo que vem do ego, é só mais uma mentira, e não sendo real sequer existe.

Armadilha do ego

ratoeira

Apenas fico observando as pessoas que gastam os tubos em cursos, simpósios, seminários, como se isso as fizesse desfazer o ego.

Da mesma forma, vejo gente que por ter feito algumas lições d’UCEM resolve aplicar um silogismo mequetrefe para não fazer mais nada na vida: “se isso aqui é o ego, e tudo do ego é falso, então não faz diferença alguma fazer ou deixar qualquer coisa”. Como dizem os gringos, been there, done that, got the t-shirt (“estive lá, fiz a mesma coisa e comprei a camiseta”), razão pela qual posso falar.

Tanto buscar fora desesperadamente quanto nada fazer pela própria “iluminação” (no sentido de desfazimento do ego) são apenas duas das armadilhas do ego para manter a pessoa presa para sempre no mental. Tanto contratar o serviço de “iluminadores profissionais” quanto ignorar totalmente a realidade espiritual são formas de a pessoa não se apropriar dos seus processos de tomada de consciência.

Mas ninguém precisa se preocupar muito, a menos que queira: o tempo também é uma ilusão. Afinal, o que podem ser umas centenas ou milhares de vidas comparadas à eternidade?