Como Compartilhar o Amor de Deus em Meio a Turbulências

  1. Acordar para J
  2. Como Compartilhar o Amor de Deus em Meio a Turbulências

O caminho do autoconhecimento é cheio de perguntas inquietantes que tiram a pessoa de sua zona de conforto (ver “Sobre Fazer o Caminho e Sentir-se Bem”). A Falsa Amorosidade não raro vem ocupar espaços para ocultar o medo (que a pessoa tem de olhar para os ataques da mente) que é fruto do medo (de aceitar o Amor).

Estando a pessoa totalmente identificada com o medo, como pode ela por si mesma desejar compartilhar o Amor de Deus, a não ser que esteja mentindo?

A única maneira de compartilhar o Amor de Deus, estando o sujeito ainda identificado com o ego, é pedindo a orientação do Espírito Santo em cada situação.

Esta atitude, por sua vez, tende a pouco e pouco ir criando no indivíduo a confiança necessária para desidentificar-se do medo, optando pelo Amor (opção que para a maioria de nós é inconcebível a não ser como uma ideia intelectual).

Quando a pessoa for capaz de olhar diretamente para a raiva cega sem perder-se de Jesus em seu centro, então já não haverá mais identificação com o medo, e finalmente a pessoa vai lembrar-se definitivamente do Céu. E aí, ela mesma será “apenas” a irradiação do Amor de Deus, por onde quer que vá.